Pensamentos, desabafos, amores e desamores, encontros e desencontros, sentimentos contraditórios, palavras de conforto, tudo o que uma adolescente pensa ♥

As coisinhas que eu escrevo

Terça-feira, 25 de Janeiro de 2011

    Sentada no banco de jardim com o vento a soprar numa melodia surda e as poucas folhas das árvores a dançarem ao som daquela que parecia ser a mais bela melodia de todas, a melodia do inverno, sinto uma gota de chuva pousar na ponta do meu nariz, olho para o céu mas o sol, fraco, rasga as nuvens cinzas, uns raios tímidos de luz lutam para atravessar uma camada fina de nuvens e quando chegam ao pequeno lago que tenho à minha frente, fazem brilhar a pouca água que lá tem dentro.
    Com tanto movimento nesta grande cidade ninguém pára para escutar os segredos que o vento nos traz nem ninguém pára para ver a dança das folhas mais resistentes às investidas do vento feroz ou ver os tímidos raios de sol que dão um conforto especial às tardes pequenas e frias de inverno.
escrito por Daniela às 19:21