Pensamentos, desabafos, amores e desamores, encontros e desencontros, sentimentos contraditórios, palavras de conforto, tudo o que uma adolescente pensa ♥

As coisinhas que eu escrevo

Sexta-feira, 12 de Novembro de 2010



12 de Novembro de 2010


Querido A., 
     Hoje comecei a ler outro livro, desta vez é um Romance da Margarida Rebelo Pinto e chama-se Diário da tua Ausência, no princípio o livro fala de esperar pelo amor da nossa vida, mais concretamente no amor da vida da autora, o namorado ou o companheiro dela, viaja o ano todo por motivos de trabalho, só vem a Portugal de férias no verão e no natal.
      Fala também da vocação de Penélope e passo a citar o que a autora escreveu sobre esse assunto: ''A sábia e sensata mulher de Ulisses que esperou vinte anos pelo marido, sem nunca permitir que nenhum outro homem se casasse com ela e usurpasse o trono de Ítaca.'' vi-me na história da pobre e esperançosa Penélope porque eu espero, espero que me ligues, que me mandes uma mensagem ou simplesmente que me procures mas isso ainda não aconteceu e duvido muito que aconteça, mas não me importo de esperar, tenho muito tempo ou pelo menos assim penso.
      Sabes? Acabei agora mesmo de me lembrar de uma coisa acerca de ti que sempre gostei que fizesses não fazes idéia do que seja pois não A.? Mas eu conto-te o que adoro que faças, quando acabavas de fumar, metias a mão no bolso de dentro do teu casaco de cabedal preto, tiravas as pastilhas de menta e metias uma na boca, guardavas as pastilhas no mesmo sitio, olhavas para mim com olhos de maroto e sorrias-me, abraçavas-me e beijavas-me o pescoço. Mas não era esse conjunto de gestos que sempre gostei, apesar de também gostar imenso, o que gostava e gosto mesmo é do cheiro do tabaco no casaco misturado com o cheiro a menta da pastilha e o teu perfume, uma das vezes que estive contigo vim para casa com o teu cheiro entranhado na camisa, depois disso cada vez que a visto desejo ardentemente que volte a ter o teu cheiro, mas não tem. 
     Já pensei várias vezes voltar ao sítio onde nos conhecemos numa quarta feira à tarde e ver se ainda estás lá, mas falta-me o tempo e a coragem, a coragem é inimiga do desejo, assim penso. 

Beijinhos, com muito amor, Kikas ♥

P.S. Apetecia-me mesmo estar contigo hoje, especialmente hoje, para me confortares com os teus olhos verdes e com os teus beijos de anjo.
escrito por Daniela às 17:08

entao já somos duas *.*
filipa a 12 de Novembro de 2010 às 17:31

gostei imenso Daniela :D
Catarina Carvalho a 12 de Novembro de 2010 às 17:51

Todos nós nos rebaixamos num momento ou no outro.
P' a 12 de Novembro de 2010 às 21:20

está linda, esta carta! devia ser mesmo lida pelo seu protagonista!
JoanaEugénio105 a 12 de Novembro de 2010 às 21:37

olha olha, e eu dos teus Daniela :D
sao maravilhosas, perfeitas! e eu gosto bastante do que escreves, e como escreves ^^
Catarina Carvalho a 12 de Novembro de 2010 às 22:41

sim, tens razão, até :s
filipa a 13 de Novembro de 2010 às 10:49

Adorei Kikas :D
Sara. a 16 de Novembro de 2010 às 19:05