Pensamentos, desabafos, amores e desamores, encontros e desencontros, sentimentos contraditórios, palavras de conforto, tudo o que uma adolescente pensa ♥

As coisinhas que eu escrevo

Quinta-feira, 21 de Outubro de 2010
21 de Outubro de 2010

Querido A,
Tenho uma voz dentro de mim a dizer-me para te mandar mensagem, não sou capaz mas ela continua a dizer-me para te escrever "tenho saudades tuas, gosto de ti" seleccionar o teu número na minha lista telefónica e carregar no enviar... Mas o que é que tenho dentro de mim?
Estou acorrentada a ti, ao teu cheiro, larga-me, por favor! Deixa-me ser feliz e livre. Apaga as minhas memorias sobre ti, assim seria tudo muito mais simples. As tuas palavras ecoam na minha cabeça "gosto de ti..." porque é que acreditei?
Porque é que me agarras e me levas junto a ti? Só quero que me digas que sim quanto te mandar uma mensagem a perguntar se também tens saudades minhas, só quero isso de ti, depois disso iria a correr para ti, beijava-te e fazia-te prometer que nunca mais me irias largar.Mas isso não vai acontecer não vai e eu sei que não, tenho de parar de pensar em ti!


Beijinhos, até um dia.
escrito por Daniela às 22:14

já passei por isso, e sei, que ao mandar-mos a mensagem de uma vez sentimo-nos muito mais leves depois. apesar da minha resposta não ter sido a melhor, eu fiquei com a minha opinião sobre ele mais clara. agora sei o que ele é e o que fez comigo. mas faz o que achares melhor, quem tem de tomar a decisão és tu! boa sorte, beijinhos!
Marta a 22 de Outubro de 2010 às 19:12

eu percebo. quem é que gosta de ouvir respostas dessas? mas muita força, tudo passa. sempre!
Marta a 22 de Outubro de 2010 às 19:34

Compreendo muito bem o que dizes no teu post.
Forçinha (:*
Isa Soraia a 23 de Outubro de 2010 às 11:03