Pensamentos, desabafos, amores e desamores, encontros e desencontros, sentimentos contraditórios, palavras de conforto, tudo o que uma adolescente pensa ♥

As coisinhas que eu escrevo

Quarta-feira, 20 de Outubro de 2010



Já foi à tanto tempo que metes-te um ponto final na nossa "história", porque é que ainda penso em ti? Diz-me A.
Lembro-me de ti sem querer faze-lo, lembro-me de ti nas conversas que tenho com o P. ou com a M., lembro-me de ti quando vejo uma foto como a deste post ou quando vejo dois namorados a beijarem-se na rua, lembro-me de ti porque não sei, odeio faze-lo!
É um sentimento tão injusto, sim injusto porque eu não tenho culpa de me teres deixado apaixonada por ti, não tenho culpa de me teres marcado da maneira que me marcas-te, nem sei se te dei autorização para tal mas é certo que o fizeste.
Este sentimento dá cabo do meu coração, destrói-o por dentro como se corroesse as paredes que o envolvem, e o que mais dói no meio destes sentimentos é saber que tu já não pensas em mim, pelo menos da maneira em que eu penso em ti, isso sim dói!
Mas nem sei para quê me dar ao trabalho de escrever seja o que for para ti, não irás ler, nem irás saber que já chorei por ti, que já me apaixonei por ti, não irás sentir a minha falta como eu já senti a tua, e isso não me importa porque nem sequer sei se o que sinto por ti é amor ou ódio.
escrito por Daniela às 19:11

há coisas inevitáveis, infelizmente :s
Marta a 20 de Outubro de 2010 às 20:49

Quando amamos , amamos de verdade !
Independentemente de tudo o que nos possa fazer , da mágua , do sofrimento , da angústia ..
São poucas as pessoas que têm o dom de amar , e se ainda te sentes assim é pqe amaste de verdade !

Não poderia ter mais orgulho em ti *.*





AMO-TE PARA LÁ DO BUE @

P.S. Não existem coisas inevitáveis , essas somos nós que as fazemos existir .


MCoelho
Anónimo a 24 de Outubro de 2010 às 13:19